|   Jornal da Ordem Edição 3.913 - Editado em Porto Alegre em 16.08.2022 pela Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

30.05.07  |  Internacional   

Inglesas contratam detetives para pegar maridos em flagrante

Quase metade dos casais que estão se divorciando no Reino Unido usou os serviços de um detetive particular no ano passado para confirmar, ou negar, suas suspeitas de traição por parte de seus cônjuges, segundo matéria publicada pelo saite Globo.com.  
 
Cerca de 49% dos casais em processo de divórcio contrataram, antes ou durante,  um investigador em 2006, número substancialmente maior do que os 18% de 2005, de acordo com uma pesquisa realizada pela divisão de Investigação e Serviços Forenses da Grant Thornton em 100 dos principais escritórios de direito familiar do Reino Unido.

Entre os contratantes dos serviços de detetives particulares, 30% são mulheres, enquanto 19% foram homens, mostrou a pesquisa.

"Pelo quarto ano seguido nossa pesquisa mostrou que casos extra-conjugais são a principal razão citada para terminar com casamentos no Reino Unido", disse Andrea McLaren, chefe do setor de direito matrimonial da empresa Grant Thornton´.

Os homens são apontados como responsáveis por 69% dos casos de adultério, enquanto as mulheres representam 31%, mostrou a pesquisa.

Rodney Silva
Jornalista - MTB 14.759

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
(51) 3287.1800
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   [email protected]
© Copyright 2022 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro