|   Jornal da Ordem Edição 3.551 - Editado em Porto Alegre em 30.11.2020 pela Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

28.10.20  |  Cursos e Eventos   

Virtualização da advocacia: Por que o tema precisa ser interesse de todos e todas?

Quando o assunto advocacia digital surge, a primeira impressão é que o assunto interessa somente aos simpatizantes com a tecnologia. Mas o contexto pandêmico afetou a todas e todos os profissionais do direito e, cada vez mais, pede que a advocacia se atualize frente às mudanças que chegaram e às que ainda estão por vir. 

Participe do OAB Digital Summit! 

Com o distanciamento social, novas formas de trabalho foram necessárias, assim como a virtualização dos atos processuais precisaram ser aceleradas. Ainda que estejamos empenhados em uma maior virtualização, segundo o presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, o avanço da tecnologia não pode comprometer a segurança jurídica dos atos. “Há um esforço conjunto, de todas as áreas do Direito, e um comprometimento com essa virtualização. É um papel da nossa instituição levar à advocacia o cenário futuro e construir o bom exercício da nossa profissão, junto com o respeito à cidadania”, explicou. 

O que mais foi debatido na área do Direito, em 2020, foram assuntos correlatos à tecnologia. Mas longe de ser um assunto que somente interessa aos profissionais do Direito Digital, no momento em que a tecnologia está a frente dos debates, a área cobra atualização da advocacia. 

Para o presidente da Comissão de Direito da Tecnologia e Inovação (CDTI) da OAB/RS, Filipe Mallmann, o momento pede aprimoramento, cada vez maior, dos trabalhos e fluxos internos da advocacia. “Nós já vimos acontecer com inúmeras outras áreas do Direito, de temas se tornarem centrais nas discussões. O melhor conselho que podemos dar, no atual cenário, aos colegas que não são afetos à tecnologia, é que se aperfeiçoem, cada dia mais, nas áreas de atuação que apreciam trabalhar e que são especialistas. Seja no Direito civil, penal, trabalhista, previdenciário ou outro”, disse.  

O momento é promissor para pequenos e médios escritórios e para a jovem advocacia, segundo Mallmann, afinal, vivemos um momento de transformação social mundial. “É a hora perfeita para que os profissionais se reposicionem. Estudem as ferramentas que agilizam e facilitam o dia a dia do escritório. Entendam as ferramentas que estão sendo utilizadas para a realização de audiências. Tentem compreender como a tecnologia pode agilizar a rotina do seu trabalho”, pontuou. 

Veja aqui mais dicas para capacitação digital da advocacia!  

Fonte: OAB/RS

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   comsocial@oabrs.org.br
© Copyright 2020 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro