|   Jornal da Ordem Edição 3.526 - Editado em Porto Alegre em 23.10.2020 pela Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

10.09.20  |  Diversos   

Setembro Amarelo: não coloque sua saúde mental em quarentena

A pandemia de COVID-19 alertou a população para diversos cuidados com a saúde, no intuito de evitar a proliferação do novo coronavírus. Distanciamento social, lavagem frequente das mãos e das compras do supermercado, uso de álcool em gel e o uso de máscaras são os cuidados mais difundidos pela mídia e pelo governo neste período pandêmico. A quarentena, que já dura mais de 5 meses, trouxe um alerta para uma questão que já se trata de epidemia mundial: os cuidados com a saúde mental. 

O medo de contágio, o sofrimento pela morte de familiares e amigos, a angústia pela possibilidade de perder entes queridos, instabilidade econômica e perda de empregos somaram-se ao que parecia a dificuldade principal da pandemia: o isolamento social. 

A Coordenação Estadual de Saúde Mental da Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul (SES) realizou uma pesquisa em que foi apontado um aumento significante pela busca no atendimento em saúde mental, tanto nos serviços da atenção especializada, quanto nos postos de saúde, desde o início da pandemia.

Gestores de 402 municípios gaúchos participaram da pesquisa, na qual foi constatada que: 78% dos gestores alertaram para o aumento da demanda nos serviços de Atenção Básica (nas Unidades Básicas e Estratégia Saúde da Família); e 68% no aumento dos serviços da atenção especializada (Centros de Atenção Psicossocial). 

E a saúde mental da advocacia? 

Na advocacia, a questão da saúde mental soma outros fatores. Segundo o psicólogo clínico, Filipe Ornel, contratempos que já eram esperados, como recessos do natal e carnaval, redução do efetivo no período de férias, redução de receita dos escritórios de advocacia durante o período de férias, foram agravados com a greve do judiciário de 2019 e com a pandemia. “Todos esses eventos geraram atraso nos proventos e desgaste emocional adicional à advocacia. Este conjunto de estressores pode ser intensificado pelas medidas de isolamento e distanciamento social, que começaram a ser implementadas justamente em março, justamente quando as atividades do judiciário começam a retomar o funcionamento normal”, explicou. 

Não apenas questões relacionadas ao trabalho, mas a advocacia ainda possui demandas familiares que, segundo Ornel, se atravessam com a urgência da necessidade de implementação imediata de novos fluxos e processos de trabalho. “Ainda, há a suspensão do andamento de processos físicos e a incerteza sobre o tempo em que as atividades funcionarão em ritmo alterado. Tendo em vista que grande parte dos profissionais tem a renda condicionada à tramitação de processos, isso é um estressor adicional. Além disso, em um momento em que a população se vê obrigada a reorganizar os gastos, ainda é possível que pagamentos sejam postergados e contratos revistos”, disse. 

Pensando nisso, a Ordem gaúcha juntou às ações tradicionais de iluminação da sede para conscientização do tema e das atividades promovidas pela CAA/RS, direcionadas ao bem-estar e à informação da advocacia, um conteúdo semanal tratando da temática no site e nas redes sociais com a campanha “Não coloque sua saúde mental em quarentena”. 

Segundo presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, o assunto saúde mental precisa estar em debate. “Essa temática não pode mais ser tabu em nossa sociedade. Precisamos conversar sobre e, caso alguém precise de ajuda, possamos ter apoio. Sabemos que a nossa profissão atua atendendo aos anseios do próximo, por isso, muitas vezes, acabamos esquecendo de cuidar da nossa própria saúde. O assunto é sério e importante para todos e todas”, destacou. 


Centro Médico da CAA/RS oferece à advocacia gaúcha serviço de atendimento psiquiátrico e psicológico. “Para contribuir com o diálogo e as questões relacionadas ao assunto, a CAA/RS promoverá atividades para o esclarecimento da Advocacia a respeito do tema, além de promover saúde e motivação para uma maior qualidade de vida para a classe” disse a vice-presidente da entidade, Mariana Melara Reis. 

Acompanhe as redes sociais da OAB/RS e as transmissões e vídeos pelos canais da CAA/RS e confira:

- 18/9, às 18h: live sobre meditação e saúde mental com Dra. Mariela de Oliveira Silveira Pons, Diretora Médica do Kurotel - Centro Contemporâneo de Saúde e Bem-Estar e presidente da ONG Mente Viva; e o Psicólogo, Michael Zanchet;

- Conteúdo específico no portal e reforço do programa Previne Saúde Mental com atendimentos on-line para a Advocacia;

- Divulgação de convênios para o bem-estar;

- terças e quintas tem dicas de saúde e bem-estar voltadas para a Advocacia;

- Vídeos com dicas sobre corrida e atividades físicas disponibilizadas no Youtube da CAA/RS.  

Fonte: OAB/RS

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   comsocial@oabrs.org.br
© Copyright 2020 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro