|   Jornal da Ordem Edição 3.153 - Editado em Porto Alegre em 23.10.2018 pelo Departamento de Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

23.07.07  |  Agora Chega!   

Seccionais apóiam ação da OAB-RS contra corrupção

 Os três presidentes de Seccionais – Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina – da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) que estiveram na última sexta-feira na capital gaúcha prestigiando o Movimento Contra a Impunidade e a Corrupção, organizado pela OAB do Rio Grande do Sul, foram unânimes em apoiar o Movimento e declararam que pretendem promover manifestação semelhante em seus Estados. A Seccional gaúcha encabeçou o movimento chamando a atenção de advogados, estudantes, lideranças e sociedade em geral para a crise ética que o país vem sofrendo, manifestando seu repúdio à impunidade e à corrupção.

O presidente da OAB do Paraná, Alberto de Paula Machado, declarou em seu discurso que “estamos a partir do RS iniciando uma grande marcha civil, pois chega de enganação e de conselho de ética sendo presidido por pessoas que não têm ética”. Por sua vez o presidente da OAB do Rio de Janeiro, Wadih Damous, afirmou que “o Rio de Janeiro não poderia estar ausente nesta extraordinária manifestação de civismo e de exemplo que estamos dando aos poderes constituintes brasileiros”.

O presidente da OAB de Santa Catarina, Paulo Roberto de Borba, também presente à manifestação, disse que "a partir do momento que se tira um centavo do bolso do brasileiro para se colocar em bolso que não deve estar - impedindo que o povo tenha uma vida digna - isto é injustiça. Esse movimento não irá acabar, pois Santa Catarina vai continuar com ele".

A manifestação de caráter pluralista contou, também, com o apoio de diversas entidades e organizações, dentre elas: a Ajuris, a Associação do Ministério Público, Associação dos Procuradores Municipais, dos Defensores Públicos, Associação Nacional dos Procuradores Federais, Sindijus, Sociedade de Engenharia, Conselho Regional de Administração, Conselho Regional de Farmácia, ARI, CUT, Associação dos Delegados de Polícia, Simers, Farsul, Federasul, Fecomércio, Fiergs, Fórum Estadual de Defesa do Consumidor, Clube de Mães, Associação Brasileira dos Municipários da Habitação, aeroviários e universidades.

Além de todas as entidades, o manifesto contou com a participação da população, que carregando faixas e cartazes, se dirigiu em caminhada até a Esquina Democrática, local onde ocorreu a manifestação. O Piquete da OAB também se fez presente com diversos cavaleiros que, depois seguiram ao Palácio Piratini, Assembléia Legislativa, Tribunal de Justiça do Estado e Foro Central. Em seu pronunciamento, o presidente da OAB-RS Claudio Lamachia agradeceu a presença das 105 Subseções de todo Estado, representadas pelos seus presidentes, diretores e advogados, e às entidades da sociedade civil que, junto com a Ordem, deram o passo inicial a esta grande manifestação.

Rodney Silva
Jornalista - MTB 14.759

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1839
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   comsocial@oabrs.org.br
© Copyright 2018 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro