|   Jornal da Ordem Edição 3.364 - Editado em Porto Alegre em 20.12.2019 pelo Departamento de Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

28.10.11  |  Legislação   

PL prevê paridade salarial entre homens e mulheres

Multa seria equivalente a cinco vezes a diferença salarial verificada em toda a vigência do contrato de trabalho.

O PL 6393/09 prevê punição a empresas que não cumprirem paridade salarial entre homens e mulheres que exercem a mesma função. A penalidade seria equivalente a cinco vezes a diferença salarial verificada em todo o período do contrato.

A proposta, de autoria do deputado Marçal Filho, tramita em caráter conclusivo na Câmara dos Deputados. Caso não haja recurso no Plenário, a matéria será analisada pelo Senado. Ela havia sido aprovada pela CCJ e pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara.

O relator do projeto, deputado Gabriel Chalita, destacou que a Constituição prevê igualdade de todos perante a lei, sem distinção de qualquer natureza. "A nossa Carta Magna ainda determina proibição de diferença de salários, de exercício de funções e de critério de admissão por motivo de sexo, idade, cor ou estado civil", afirmou.


Fonte: Agência Câmara


 

Rodney Silva
Jornalista - MTB 14.759

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   comsocial@oabrs.org.br
© Copyright 2020 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro