|   Jornal da Ordem Edição 3.622 - Editado em Porto Alegre em 16.04.2021 pela Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

23.03.21  |  Advocacia   

OAB/RS ingressa como amicus curiae pela defesa constitucional

A OAB/RS ingressou, neste domingo (21), com pedido de habilitação de amicus curiae no agravo de instrumento interposto pela PGE, bem como na ação do primeiro grau (nº 5044337-47.2021.8.21.7000 e nº 5028176-07.2021.8.21.0001/RS) com a finalidade que seja garantida a manutenção do sistema de cogestão constititucionalmente definido.

Na tarde de domingo (21) foi revogada pelo TJRS a decisão liminar proferida anteriormente pelo juiz da 10ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central de Porto Alegre, que estava a suspender judicialmente o sistema de cogestão.

Segundo a Ordem gaúcha, a decisão liminar firmou a independência e a harmonia dos Poderes conforme a Constituição Federal de 1988.

O presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, ressalta que “a cogestão é reconhecida constitucionalmente pela delegação em virtude da independência que os gestores municipais possuem para agir de acordo com a realidade de sua região”. Além disso, a decisão do Poder Executivo ouviu os demais gestores municipais e o comitê científico estadual. “Ou seja, com base em uma análise minuciosa, diante de uma decisão técnica e para que fosse retomado o sistema de cogestão do Distanciamento Controlado de que trata o Decreto nº 55.240/20”, assevera o dirigente da seccional.

Cabe, ainda, ressaltar que a OAB/RS não intenciona neste ato inferir nos aspectos da abertura ou não do comércio. Nosso papel, conforme delimita o artigo 44 da Lei nº 8.906/94, é garantir a defesa da Constituição e a ordem jurídica do Estado Democrático de Direito.

Além disso, Breier ressalta decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal na ADI 6.341, que versa sobre a possibilidade de governadores e prefeitos assumirem o protagonismo na luta contra o novo Coronavírus:

“A complexidade e a gravidade da crise não permitem o desrespeito à Constituição. Os agentes públicos agem melhor, mesmo durante emergências, quando são obrigados a justificar suas ações. Durante a crise, a Constituição deve servir de guia aos líderes políticos para que haja cooperação e integração, exatamente para chegarmos a um bom tom no final dessa difícil caminhada para todos." - ADI 6341

A OAB/RS foi convocada pelas seguintes entidades:

Entidades.

Assembleia Legislativa

Deputados

Veja o arquivo anexo

Fonte: OAB/RS

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
(51) 3287.1800
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   comsocial@oabrs.org.br
© Copyright 2021 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro