|   Jornal da Ordem Edição 2.949 - Editado em Porto Alegre em 23.11.2017 pelo Departamento de Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

08.11.13  |  Imprensa   

Negada indenização por suposto sensacionalismo em reportagem

O entendimento foi baseado no fato de a matéria veiculada ser de interesse público. Além disso, o redator citou apenas as iniciais, o que demonstrou preservação com a imagem do autor perante a sociedade.

O pedido de indenização por danos morais a um homem pela veiculação de reportagem noticiando seu suposto envolvimento com pedofilia foi negado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. De acordo com a decisão da 1ª Câmara Extraordinária de Direito Privado do TJSP, a matéria era de interesse público e não houve caráter sensacionalista.

O autor alegava que, após ter a residência invadida e os instrumentos de trabalho apreendidos pela polícia sob a acusação de pedofilia, suas iniciais foram veiculadas em jornal de grande circulação de forma sensacionalista. Ele afirmava que o inquérito foi posteriormente arquivado por falta de provas, mas que, por morar em cidade pequena, a publicação das iniciais, de sua profissão e do bairro em que morava facilitou a identificação por parte dos leitores, o que abalou sua reputação.

A relatora do processo, Marcia Dalla Déa Barone, afirmou em seu voto que a notícia divulgada limitou-se a descrever os fatos como ocorreram, sem o acréscimo de sensacionalismo ou qualquer posicionamento subjetivo que pudesse ser causa de abalo moral. "O redator da notícia teve o cuidado de não divulgar o nome completo, citando apenas as iniciais. Ademais, mesmo que nessas circunstâncias o autor tenha sido identificado por parte dos leitores e da população local, esse fato não representa causa passível de configurar a lesão à honra ou imagem, vez que, frise-se, não houve excesso da apelada no exercício do direito de informação e da liberdade de expressão."

Apelação: 9190008-97.2008.8.26.0000

Fonte: TJSP

Rodney Silva
Jornalista - MTB 14.759

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Istagram
Facebook
Twitter
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1839
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   comsocial@oabrs.org.br
© Copyright 2017 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro