|   Jornal da Ordem Edição 2.945 - Editado em Porto Alegre em 17.11.2017 pelo Departamento de Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

23.10.07  |  Internacional   

Microsoft aceita derrota e multa na batalha contra a União Européia

O gigante americano da informática Microsoft aceitou nesta segunda-feira cumprir todas as exigências da condenação da União Européia no processo por abuso de posição dominante emitida em 2004.

Segundo Bruxelas, a Microsoft deverá permitir que os editores independentes de programas informáticos tenham acesso à  documentação técnica necessária para desenvolver produtos compatíveis com o sistema operacional Windows.

A Microsoft anunciou a redução dos valores pedidos em troca dessa informação e dos direitos de utilização de patentes à nível mundial. Esses acordos serão submetidos a jurisdição da Alta Corte de Londres e do controle de Bruxelas.

Além da multa recorde já estabelecida em 497 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão), Bruxelas afirmou querer tomar o mais rápido possível uma decisão referente às multas diárias impostas à empresa em julho de 2006 por não cumprir com a condenação de 2004. A quantia já chega a um total de 280 milhões de euros.

Ao comentar a decisão da Corte Européia, o número três da Microsoft, Brad Smith, anunciou, em setembro, que ia estudar se "correspondia tomar medidas suplementares" para cumprir com a condenação de 2004, podendo insinuar uma mudança de posição do grupo americano.
Em declarações à  imprensa, a comissária européia de Concorrência, Neelie Kroes, lamentou que a Microsoft só tenha cumprido a decisão "depois de um considerável atraso, duas decisões judiciais e a aplicação de multas diárias".

O anúncio da gigante americana de acatar as exigências de Bruxelas supõe o fim de uma batalha de mais de sete anos, que teve seu ponto de auge em 17 de setembro passado, quando a Corte Européia de Justiça (CEJ) deu a conhecer uma decisão que confirmou a condenação de Bruxelas.

.........
Fonte: Terra 

Rodney Silva
Jornalista - MTB 14.759

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Istagram
Facebook
Twitter
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1839
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   comsocial@oabrs.org.br
© Copyright 2017 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro